Reuniões Loja Simbólica:  Segundas feiras às 20h /  Reuniões Lojas Filosóficas: Quintas feiras às 20h

 


 

 
Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

DISCURSO DE POSSE

 

         As minhas primeiras palavras são de agradecimento ao Grande Arquiteto do Universo que é Deus, por me conceder saúde e força para conduzir os destinos desta Augusta e Respeitável Loja pela segunda vez ao longo de minha vida maçônica.

         Agradeço, também, aos irmãos do quadro da nossa Respeitável Loja Indústria e Caridade por ter sufragado o meu nome e os de meus irmãos, empossados hoje, para que juntos, com humildade e união, passemos a partir de agora, a administrar e conduzir os trabalhos desta Oficina.

         Não poderia, também, deixar de agradecer à minha esposa pelo incentivo e pelo importante e decisivo apoio nesta minha nova caminhada à frente desta Augusta e Respeitável Loja.

         Assumimos hoje, o comando de uma Instituição cujo respeito se faz sentir além das fronteiras do nosso Municípios e do nosso Estado e, tenho a consciência de que este respeito é fruto das administrações que nos antecederam; do trabalho de homens livres que dedicaram parte de seu tempo, de forma voluntária, na busca do ideal de servir ao próximo, procurando construir uma sociedade mais justa e mais fraterna.

         Administrar a Loja Indústria e Caridade representa o compromisso e a responsabilidade de quem terá que escrever mais um capítulo dessa história de rara beleza e de grande profundidade, escrita através dos tempos, pelos irmãos que nos antecederam e a quem devemos nossa gratidão.

         Estamos conscientes de que, ao lado da alegria que nos proporciona este momento mágico e solene, está a responsabilidade de quem assume um cargo em substituição ao Irmão Alenício Cavalcante de Melo, que nos dois últimos anos, esteve à frente desta Instituição, conduzindo os trabalhos desta Loja Maçônica com firmeza, com zelo, com desprendimento e com sabedoria.

Comemoramos, recentemente, os 180 anos de fundação desta Instituição Maçônica, a Loja Indústria e Caridade nº 49. Evidentemente, devemos aqui, ressaltar o trabalho brilhante e digno dos nossos irmãos, que durante esse período, se empenharam, com garra, força e determinação, na busca incessante da verdade que nos liberta, da justiça que nos fortalece e da fraternidade que nos une e nos incentiva a prosseguir em nossa caminhada.

A “Maçonaria é, por definição, uma Instituição essencialmente iniciática, filosófica, filantrópica, progressista e evolucionista cujos fins supremos são: a liberdade, a igualdade e a fraternidade.

O nosso irmão, o iluminista francês Voltaire, ao ingressar na maçonaria, disse:

Faço-me maçom por que encontrei nesta Ordem sagrada os ideais da dignidade humana, aqui eu tive a oportunidade de aprender a amar e respeitar a criatura humana. Aprendi, também, a amar a Deus não aquele que os homens fizeram, mas a aquele que fez os homens.

Sem dúvidas, meus irmãos, esse deve ser o pensamento daqueles que ingressam na ordem maçônica e, é nesse sentido, que devemos conduzir os nossos trabalhos junto a esta Instituição centenária.

Certamente, como tantos outros que por aqui passaram, eu não conheço uma fórmula infalível de obter sucesso em nossa administração, más, tentar agradar a todos e a tudo talvez seja a melhor forma de fracassar.

Vamos procurar fazer uma gestão participativa, destacando e evidenciando o talento peculiar de cada um, pois, apesar de possuirmos talentos diferenciados, devemos e gostamos de ter as mesmas oportunidades para desenvolvermos as nossas capacidades.

Não vamos, de forma alguma, tentar justificar nossas falhas jogando a culpa nas administrações anteriores, más, vamos sim, aceitar nossas responsabilidades e o comprometimento com o futuro da Ordem Maçônica e progresso da nossa Instituição.

A transparência de nossas ações terá destaque em nossa administração, pois os irmãos terão a oportunidade de saber, acompanhar e dar sugestões para que o nosso trabalho possa transcorrer com normalidade e boa fé.

Nesse sentido, convido todos os meus amados irmãos desta Augusta e Respeitável Loja, a Loja Indústria e Caridade, para que unidos possamos ter respeito uns com os outros, amor a causa maçônica, tolerância e participação em nossas ações, para o bem da nossa Ordem, da nossa Loja e da sociedade em que vivemos.

Finalizo pedindo ao Grande Arquiteto do Universo que me dê sabedoria para compreender as adversidades e força para conduzir os destinos desta Loja em um ambiente de paz, harmonia, amor e fraternidade. 

 

 

 Edmar Bernabé -  Venerável Mestre