Reuniões Loja Simbólica:  Segundas feiras às 20h /  Reuniões Lojas Filosóficas: Quintas feiras às 20h

 


 

 
Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

O INÍCIO DA CAMPANHA ABOLICIONISTA DA LOJA INDÚSTRIA E CARIDADE Nº 49

Continuando o ciclo histórico, mais um texto do Livro Caminhos do Ontem da Loja Maçônica Indústria e Caridade.

     “...Em Nova Friburgo, a leitura de um balaustre datado de mil oitocentos e setenta e um, deu-nos a conhecer um fato que, indubitavelmente coloca a

LOJA INDÚSTRIA E CARIDADE Nº49 na condição de pioneira, sozinha, nessa atividade humanitária de libertar escravos, mediante a compra de cartas de alforria.


     De fato, o balaustre da Sessão do dia dois de dezembro de mil oitocentos e setenta e um informa que, naquela memorável reunião, o Venerável Mestre, Irmão João José Zamith, ao ter início a Ordem do Dia, deu conhecimento à Loja que a pauta indicava uma proposta oriunda da comissão de finanças, sugerindo a instituição de um cofre para a coleta de fundos com a finalidade de libertar escravos de menor idade, moradores de Termo de Nova Friburgo, preferencialmente os do sexo feminino, sendo que, aos Irmãos do Quadro, possuidores de escravos, desde que enquadrados naquelas especificações, foi pedido que alforriassem os mesmos, de motu próprio, como mais uma lição de amor à liberdade que a maçonaria ia oferecer ao mundo profano.
     Relata, ainda, o mencionado Balaustre, que colocada a proposta em votação, foi a mesma aprovada por unanimidade e saudada por uma bateria incessante de aplausos.
    Ai está, portanto, o registro de mais um feito benemérito da LOJA INDÚSTRIA E CARIDADE Nº 49, para ser incorporado ao corolário de muitos outros que marcaram a trajetória estelar dos seus cento e cinqüenta anos de gloriosa existência.” ( Da data de publicação deste livro)

Texto retirado do Livro Caminhos do Ontem. ( Farias de Carvalho)